terça-feira, 24 de novembro de 2009

.................. Sorte ......................



Sorte


Jogue a primeira pedra quem
nunca teve a vontade de se dividir em dois

e, ao mesmo tempo, não ser ninguém.

Quem nunca teve vontade de fugir
pra lugar nenhum!

De cerrar os olhos
e não precisar ver mais ninguém!

De dormir
e não precisar acordar.


Queria assistir à vida

como a um filme alheio.

O que eu gostaria mesmo é,
sabendo as coisas que sei,
não precisar ser eu próprio!


Jogar com o destino
num sorteio desses qualquer!

Tendo, então, a incrível sorte
de quem nunca nasceu e,
não ter que ver, ouvir e ler tantas mazelas

que me aparecem pela frente!


Vou ficar com meu velho (e bom) amigo
Beethoven, que eu ganho (muito) mais !!!

Grüße für alles!

Beethoven's Tempest Sonata mvt.2 - por Willhelm Kampff



Prußian

21 comentários:

Letícia disse...

Pois eu, em vários momentos do dia, tive vontade de fugir...

Prussiano disse...

É..., Letícia... quem já não teve essa vontade, não é !?

Abração pra vc !!
Obrigado pela visita !!!

=]

Andrea Mari disse...

Eu varias vezes com esta vontade...a musica,fotografia, a comida tbm tudo maravilhoso aqui!
parabéns
daqui nao deu vontade de fugir...hahah

Cris Animal disse...

Grube, não serei eu à atirar a primeira pedra !
Já me senti assim diversas vezes e com todo esse turbilhão de sentimentos.
Passa....rs

Ouvi a primeira vez Bethoven com meu avô e de cara foi: Sinfonia No 9 em Ré Menor -ops 123.
Nunca mais me esqueci e essa música me levou a outras desse gênio.

Boa escolha musical, vai mudar o astral logo, logo....rs

Beijão

Prussiano disse...

Oi, Cris... realmente, estou com o astral meio baixo, rs...
Não é meu normal...!
Mas sabe, mesmo de onde menos se espera, em situações as mais adversas, ainda lá é possivel encontrar a redenção! Basta olhar em volta.
Como naquela última filmagem que fiz do passeio de bike lá na Granja Armadilhas, em Itapuã, lá em cima, no tropo do morro donde dava pra se ver a laguna dos Patos, no meio de uma pedra enorme de granito sólido, onde a gente jura que não pode haver vegetação, pois mesmo lá existe! De todo tipo, gramíneas, pequenos arbustos e muitos cactus, muitos espinhos, mas, no meio desses tantos espinhos fui encontrar uma bela e viçosa flor amarela, do próprio cactus. Fotografei-a para não esqueçer da ocasião que, hoje, me serve de alento, apesar de todas as tais 'mazelas' que comentei no texto, sei que ainda posso ter esperanças!!!!

Grüße für dich!!

=]

Prussiano disse...

Olá, Andrea...
Como sempre vc com seu astral ótimo 'contaminando' a gente! (hehehe...)
Quase que posso ver seu sorriso através da tela e das letras....rsrsrs....Vou ficar muito triste se vc não aparecer mais por aqui!! (rsrsrs...)
Obrigado pela visita!!

Uma boa quarta-feira para vc !!

=]

, dudiinha cazé disse...

faço das suas palavras as minhas.

[ rod ] ® disse...

Eu confesso que nesta tarde... hoje mesmo eu senti o desejo de fugir para um lugar que nem eu sei onde que é... tipo desaparecer. Sou e somos... humanos tão contraditórios.

Perfeita construção.. abs meu caro.

Prussiano disse...

[rod], certamente somos todos humanos.... mas parece-me que alguns são um pouco 'menos' do que outros...
Muito bom ter seus coments por aqui no meu humilde blog.... volte sempre que achar conveniente !! Será um prazer recebê-lo!!

Abrass...

=]

João Eduardo Q. C. disse...

É verdade, já quiz me dividir em dois e ter o poder de me desintegrar por aí, além de querer ser aquela indefectível mosquinha pra xeretar a vida alheia. (Kikikikiki...)

Agora, Alex, o que eu queria dividir em dois, quatro, mil pedaços é essa m* de mini-modem 3G.
Foi demorado pra conseguir ver o vídeo do risoto e esse do Beethoven nem vou tentar porque com essa minha conexão que de larga não tem nada, não dá mesmo.

Abs

Livia Manfredi disse...

vivo assim diariamente!!!

Prussiano disse...

João... afff, rapaiz.... que pena que não pudeste ver o Beethoven....rsrsr....

Mas que bom que gostaste do risoto...heheh.... sabe que ficou bem bonzinhu !!!
hehe

Abração!!

=]

Ari Pheula disse...

Eu já quis, várias vezes, por sinal.

Belo texto.
Belíssima música.

Obrigada pela visitinha.

Beijos.

Francisco disse...

E quem não tem seus dias de baixo astral, onde temos vontade de colocar "nosso interruptor" na posição OFF?
O lado bom disso tudo, é que como as tempestades, uma hora o tempo abre e a seguir surgem coisas positivas.
Enquanto isso... Beethoven é uma pedida e tanto!
Aquele abraço!

Ah! Sábado vou no Zaffari da Cristóvão comprar os ingredientes para o risoto.
Depois eu conto como ficou! rsrs

Prussiano disse...

Francisco.... rsrsrsr... pode fazer sem medo... pois fica bem bom mesmo!!!
Mas não esqueça do vinho branco (bem geladinho) que ficará ainda melhor !!!!
Ahh! por falar em vinho, seria bom colocar meia taça desse vinho assim que colocares a água no arroz!
Eu esqueci desse detalhe qdo montava o filme , mas, fica ainda melhor !!!

Abração !
=]

CarolBorne disse...

Estou precisando sumir.
Belo post.
;)

Larissa Bohnenberger disse...

Poxa, tu também?
Acho que é uma virose que anda se espalhando por aí esse cansaço e essa vontade de sair correndo.
Vamos todos dar as mãos e fugirmos juntos?

Larissa Bohnenberger disse...

P.S. Beethoven... excelente escolha como companhia!!!

Prussiano disse...

Oi, Larissa,

Vamos todos , sim... rsrsr.... de preferência pra bem longe desse 'brazil', cheio de corrupção, que a cada semana que passa , mais lamento ser brasileiro !!

Valeu pelo coment! Adorei !

=]

Dri Viaro disse...

Bom dia :)
Que sua semana seja repleta de coisas boas
beijossss

João Eduardo Q. C. disse...

Alex, não some não! (Kekekeke...)


Abração!